Notícias

Sistema construtivo em EPS pode reduzir custos da obra em até 30%

O sistema construtivo de paredes feitas com painéis em monolíticos de poliestireno expandido (EPS) é utilizado na construção civil em vários países europeus, Estados Unidos e Japão, dependendo da densidade, o material é capaz de suportar mais de 40 toneladas por m², proporcionando com conforto térmico e acústico.

O Grupo Isorecort, indústria especialista na fabricação de EPS para aplicações na construção civil e no segmento industrial, lançou recentemente no Brasil, um sistema de construção com paredes inteiras feitas em Monopainel® (painel monolítico), compatível com qualquer tipo de projeto, “Este sistema construtivo proporciona um caminho alternativo para uma construção mais acessível a todos”, afirma o diretor-presidente do Grupo Isorecort, André Santos.

Segundo Santos, o painel monolítico representa uma evolução na construção civil, não somente pelo conceito inovador, mas também por ocasionar uma redução de aproximadamente 30% nos custos finais da obra. “O sistema, cujas obras contam em sua maioria com fundação de lajes de concreto, é um terço mais rápido de se executar em comparação à alvenaria convencional. Além disso, tem baixíssima absorção de umidade e menor geração de entulho e resíduos”, afirma.

Projetos de construção civil com o Monopainel® estão sendo implementadas por construtores em cidades como Araraquara (SP), São Bernardo do Campo (SP), Cuiabá (MT), São Paulo (SP), Ubatuba (SP), Varginha (MG), Vinhedo (SP) e várias outras. 

Para compor os projetos de construção civil, além painel monolítico, o Grupo Isorecort fabrica painéis de Fechamento de Shaft®, molduras com revestimento para uso interno e externo, lajotas para confecção de lajes, placas para isolamento térmico, acústico e impermeabilização, núcleos para telhas termoacústicas e os blocos de EPS de alta densidade GeoSolution® (geofoam), aplicados principalmente na engenharia geotécnica para a substituição de solos moles e elevação/nivelamento de solo

O EPS produzido pelo grupo é reciclável e isento de CFC. As sobras obtidas durante o processo de fabricação dos produtos são recolhidas e recicladas internamente.  A companhia possui um sistema de logística reversa junto aos seus clientes, cooperativas e parceiros.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!​
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Deixe um comentário

Notícias Relacionadas