Notícias

Metais sanitários complementam a beleza e agregam funcionalidade ao dia a dia

Essenciais no cotidiano, os metais sanitários apresentam características únicas que contribuem tanto na funcionalidade quanto na beleza do ambiente em que estão incluídos. Questões como sustentabilidade, novos estilos de vida e tendências do mercado que possam contribuir para mudanças nos hábitos da sociedade, norteiam o desenvolvimento da indústria de metais.  A indústria também demonstra otimismo e expectativas positivas para o segmento.  

Foto: divulgação Lorenzetti

Segundo o gerente de marketing da Lorenzetti, Paulo Galina, a empresa está otimista e colhendo bons resultados. “As pessoas têm passado mais tempo em casa, o que tem movimentado o investimento em melhorias no lar, incluindo os metais sanitários”, reforça. Galina ressalta que em maio, houve crescimento de 35,8% no faturamento da indústria de materiais de construção, em relação a maio de 2020, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), que prevê crescimento de 4% no faturamento total deflacionado dos materiais de construção em relação ao ano passado.

Para Luciano Almeida, gerente de produtos da Roca Brasil, detentoras das marcas Roca, Celite e Incepa, apesar de ainda ser um ano de incertezas no âmbito político e sócio econômico, o segmento está vivendo um cenário bastante positivo, em que os brasileiros estão olhando para suas casas e buscando melhorar seu ambiente que hoje está sendo ocupado 24 horas por dia. Segundo Almeida isso está associado à busca pelo bem-estar, novos empreendimentos estão sendo erguidos, em diversas cidades do país, e a procura pelos produtos do segmento tornam-se essenciais.

Segundo a coordenadora de marketing de produtos da Tigre, Grasiela Devigili Meireles Moura, devido à pandemia do novo coronavírus, a construção civil no Brasil viveu altos e baixos em 2020 e concluiu o período com recuo de -2,8%. “No entanto, a projeção é de crescimento de 4% para este ano, em relação ao ano passado, na avaliação da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC)”, afirma.

Para atender as demandas, o Grupo Roca continua realizando investimentos nas fábricas, nas marcas e no PDV. “Em janeiro desse ano anunciamos a compra de uma fábrica no Ceará, que nos dará uma maior capacidade de produção de louças sanitárias que fornecerá peças para a região Norte e Nordeste do país, fortalecendo nosso nível de serviço”, ressalta. Investimentos no desenvolvimento de produtos, para atender aos desejos e necessidades dos brasileiros também são contínuos, com lançamentos como a coleção Virtus de metais da Roca. “Por fim, estamos aumentando os investimentos no PDV, com exposições diferenciadas e ativações em conjunto com a revenda para proporcionar uma boa experiência para o consumidor final e ao mesmo tempo ajudar no sell out”, conclui.

Foto: Divulgação Fani Metais

O diretor-geral da Fani Metais e Acessórios, Thiago Cristofani, ressalta que o mercado como um todo soube se reinventar durante a pandemia. O aumento no interesse por reformas pontuais em casa junto às restrições de circulação nas cidades contribuiu para o crescimento da demanda. “Neste sentido, o digital foi e é fundamental para complementar a estratégia de vendas dos distribuidores e nós, como fabricantes, nos adaptamos para atendê-los também nesta nova perspectiva”, destaca. Vanessa Marques, representante do departamento de marketing da Perflex Metais, acredita que O mercado está aquecido e com perspectiva de aumento de demanda da fase de acabamento das obras para o segundo semestre de 2021 e primeiro de 2022.

Sustentabilidade e inovação são empregadas nos produtos para manter a qualidade e economia 

A crise hídrica enfrentada atualmente em muitos estados brasileiros, expõe a necessidade da economia e a da conscientização do uso da água. A indústria de metais sanitários, responsável pela criação de alguns pontos de saída de água, empregam tecnologia e inovação em seus produtos em pró do consumo consciente. 

Foto: Divulgação Fani Metais

Para o gerente industrial da Fani Metais e Acessórios, Sergio Fagundes, sendo um tema de significativa importância, a sustentabilidade está presente em quase todos os aspectos nos produtos da Fani. “Posso destacar que uma das vantagens em fabricarmos grande parte dos nossos componentes em metal é que, ao fim do tempo de vida útil do produto, esse mesmo item poderá ser remanufaturado, ou seja, poderá ser transformado em um outro componente metálico ou até mesmo em um novo produto”, ressalta. A Fani também possui a Linha Fanimatic, onde o sistema de fechamento é automático, evitando o desperdício de água.

A coleção Virtus da Roca além de possuiu um design atemporal se reflete na preservação do meio ambiente. “Para isso, a coleção conta com o mecanismo ¼ de volta que limita a abertura do produto, liberando apenas o que essencial de água para realizar a tarefa de lavar as mãos, rosto e escovar os dentes e evitar o desperdício deste importante recurso natural”, afirma Luciano Almeida, gerente de produtos da Roca Brasil, detentoras das marcas Roca, Celite e Incepa. 

De acordo com Galina, em metais sanitários, a Lorenzetti oferece produtos ecoeficientes que se destacam por funcionalidades que reduzem entre 50% e 80% o consumo de água, como duchas, torneiras com arejador e de fechamento automático, mecanismo de vedação cerâmico ¼ de volta, além de dispositivos economizadores de água.

Qualidade e conformidade com as normas vigentes

O Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H) é um instrumento do governo federal que tem como meta organizar o setor da construção civil em torno da melhoria da qualidade do habitat através de avaliação da conformidade de empresas de serviços e obras, melhoria da qualidade de materiais. Para metais sanitários, o indicador de conformidade é de 88%. Todas as empresas entrevistadas estão dentro do padrão de conformidade. 

Foto: Divulgação Roca

Segundo Almeida, a Roca Brasil conta, em todas as suas unidades, com modernos laboratórios para realização permanente de testes dos produtos. “Nossas referências se pautam tanto pelas performances apontadas pelas normas brasileiras, como também pelas normais dos países para os quais exportamos. Temos orgulho também de compartilhar que nossos laboratórios já foram, em várias ocasiões, modelos para as normas brasileiras”, reforça.

Além disso, a empresa participa ativamente dos Programas Setoriais da Qualidade no âmbito do PBQP-H, que abrangem os produtos fabricados pelas marcas Roca, Incepa e Celite. Através deste programa, as fábricas e peças da Roca do Brasil são auditadas a cada 3 meses por um organismo independente, certificado pelo INMETRO.

A Lorenzetti também possui certificação no PBQP-H, conquistado a partir de testes realizados segundo as normas da ABNT, que garantem o alto padrão de qualidade. “De forma voluntária, a Lorenzetti submeteu os metais sanitários a ensaios rigorosos, obtendo o selo de certificação do INMETRO, que acompanha as embalagens dos produtos e reforça a durabilidade e resistência das peças”, ressalta Galina.

De acordo com Fagundes, a Fani adota padrões de qualidade que são seguidos rigorosamente para garantir a satisfação de seus clientes. “Passamos por constantes auditorias externas para validação e certificação de produtos, como por exemplo: certificação do Inmetro e certificação do PBQP-H”, pontua. A empresa também com um laboratório próprio em que valida a qualidade durante todas as etapas do processo de fabricação, conforme ensaios prescritos em documentos da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

A Perflex Metais também testa seus produtos em laboratório próprio e segue todas as normais estabelecidas do programa PBQP-H. O Grupo Tigre possui laboratórios próprios e rigorosos controles de qualidade, para os produtos fabricados no Brasil e para os produtos trazidos da China. Além de manter um escritório em Shenzhen, China, afim de garantir a qualidade na importação de alguns itens.

Novos estilos pautam as tendências no segmento de metais 

Novas tendências de consumo e novos estilos de vida pautam as mudanças e transformações de diversos segmentos que se adequam as necessidades do consumidor. Aspectos como sustentabilidade, novos estilos de vida e tendências do mercado que possam contribuir para mudanças nos hábitos da sociedade, sobretudo dos banheiros, são analisados durante os estudos para a fabricação dos novos produtos.

Segundo Almeida, o objetivo da Roca é desenvolver peças com características diferenciadas, trazendo benefícios reais para nossos consumidores. “Assim, a Roca assina um compromisso com o futuro para, cada vez mais, investir em uma empresa sustentável e duradoura em um ambiente em constante transformação”, afirma. A Roca como uma empresa multinacional, acompanha os principais eventos internacionais do segmento de arqdecor, como o Salão do Móvel de Milão, a ISH na Alemanha, principal feira do segmento, e outras referências que norteiam o mercado. O trabalho desenvolvido pelo Roca Design Center, localizado em Barcelona, norteia os principais lançamentos da marca Roca. “Possuímos também um centro de Pesquisa e Desenvolvimento no Brasil, para atender as particularidades do mercado brasileiro”, pontua.

Fagundes frisa que, primeiramente, é preciso entender quais são as necessidades do consumidor, por meio de consultas diretamente com consumidores e revendedores. “Com essa coleta de informações, procuramos encontrar as causas que geram esses anseios dos nossos clientes. Feito isso, traçamos as estratégias para viabilizarmos um novo projeto ou até mesmo a melhoria de um produto existente. Apresentamos ao nosso público um design diferenciado, com várias possiblidades de cores que buscam atender qualquer ambiente. Trabalhamos com preços competitivos em toda linha de produtos”, explica. A Fani Metais disponibiliza canal direto de atendimento ao cliente, que facilita o contato do consumidor final. Nos meios digitais, a empresa gera conteúdo de apresentação dos produtos e até mesmo esclarecer possíveis dúvidas que possam surgir.

Para a Lorenzetti, a premissa ao lançar produtos é atender às necessidades dos consumidores, a partir do design funcional que, além dos atributos visuais, valoriza a experiência no uso, como os produtos multifuncionais, com saída para água filtrada, e os monocomandos com tipos diferentes de jatos no mesmo produto, como spray e concentrado, que facilitam a limpeza das peças e o dia a dia na cozinha.

Conforto e resistência agregados ao design rústico

A linha Living 700 da Fani Metais possui um aspecto rústico e conta com acionamento ¼ de volta (abrir/fechar), trazendo conforto e confiabilidade. A linha possuiu arejador embutido, que mantém o jato d’agua com extrema suavidade e uniformidade. Segundo Fagundes, grande parte dos componentes são de metais, deixando o produto mais resistente a possíveis avarias. “As peças são usinadas em máquinas modernas, o que garante a repetibilidade e tolerâncias muito baixas, garantindo um funcionamento perfeito do produto”, explica.

Consumo hídrico consciente e ecoeficiência 

A linha Loren Flex da Lorenzetti se caracteriza pela praticidade no uso, versatilidade de aplicação e ecoeficiência, por conta da presença de mecanismos que garantem o consumo hídrico consciente. A bica flexível das torneiras e misturadores permite o posicionamento em qualquer direção, ampliando a área de atuação do jato.

Segundo o gerente de marketing da Lorenzetti, Paulo Galina, os produtos da linha Loren Flex foram submetidos a rigorosos testes laboratoriais, capazes de assegurar a resistência da bica flexível a manchas ocasionadas por alimentos, além da ação da luz natural e artificial. “O revestimento em silicone, ao mesmo tempo em que leva cor e personalidade às peças, favorece a limpeza, sem acumular sujeira”, afirma.

As soluções da linha Loren Flex evitam respingos e reduzem em até 50% o consumo de água, pois contam com arejador embutido na bica, sem comprometer o design. As torneiras possuem ainda o mecanismo ¼ de volta, que garante acionamento prático sem desperdício de água, e têm como ponto alto a versatilidade, pois podem ser instaladas em cozinhas, espaços gourmet, lavabos e áreas de serviço.

Os monocomandos Loren Flex possuem duas opções de jato: spray, que facilita a lavagem de louças e vasilhas, e concentrada, para limpeza direcionada. Essas características, somadas à praticidade na escolha de vazão e temperatura da água quente pelo mecanismo monocomando, favorecem a rotina na cozinha.

Tecnologia que facilita o dia a dia 

Foto: Divulgação Perflex Metais

O chuveiro AcquaComfort Perflex possui tecnologia que não deixa o crivo do chuveiro obstruir com resíduos devido seu sistema de micro “agulhas” que são acionados com a passagem da água, além de economizar 50% a menos de água comparado sistema tradicional. 

Jato direcionador e traço preciso

A linha Virtus da marca Roca é composta por torneiras, misturadores, ducha higiênica e acabamentos de registro. A linha tem como propósito atender as necessidades dos clientes diante das demandas do mundo atual. 

Entre os diferenciais da Virtus está o seu traço preciso, reto e com ângulos arredondados que imprimem um estilo sofisticado, trazendo uma união perfeita de estilo com praticidade.  Além disso, a Virtus conta com acionamento slim (uma meia lua), que além do manuseio descomplicado, proporciona mais com conforto ao abrir e fechar. O mecanismo ¼ de volta limita a abertura do produto traz economia de água. Ojato cascata inclui um direcionador de jato capaz de reduzir a quantidade de respingos, que proporciona conforto ao uso e propicia um charme extra ao desenho da água. 

De acordo com Almeida, o lançamento da premiada coleção Horizon, assinada por João Armentano, é um bom exemplo de aplicação da linha de metal Virtus. “Nas imagens de divulgação da cuba de sobrepor HorizonView, o misturador Virtus combinou perfeitamente com a louça, ressaltando os traços precisos e limpos”, ressalta.

Foto: Divulgação Tigre

Tigre aposta em lançamentos com funcionalidade e personalidade

A Tigre traz o portfólio completo, traz produtos com diferentes linhas e designs. Para banheiros: misturadores, torneiras, monocomando, duchas, sistemas de descarga, acabamentos e acessórios. Para cozinha: misturadores, monocomandos e torneiras de bancada ou parede. Além disso, economizadores com opções de torneiras automáticas, reguladores de vazão e válvulas. Segundo a coordenadora de marketing de produtos da Tigre, Grasiela Devigili Meireles Moura, os lançamentos de produtos transmitem personalidade, funcionalidade e confiança. “Todas as torneiras e misturadores possuem arejador ou restritor de vazão, garantindo um excelente desempenho e redução dos desperdícios. A Tigre é a única do mercado que possui um acabamento universal, produto exclusivo, que é adaptável a diferentes modelos de registro, facilitando trocas e reparos”, ressalta. 

Foto: Divulgação Tigre

Em 2019, o Grupo Tigre assumiu 100% da participação societária da Fabrimar/Tigre Metais. “Esse avanço permitiu a melhor execução da estratégia, com mais liberdade flexibilidade de ação, acelerando melhorias”, afirma Grasiela.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!​
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

Notícias Relacionadas